SEPARADOS PELO CASAMENTO

Blog de oridiculomundodoshomens :O Ridículo Mundo dos Homens, SEPARADOS PELO CASAMENTO

Hoje assisti com meu noivo o filme "Separados pelo Casamento", com Vince Vaughn e Jeniffer Aniston. O filme conta a história de um cara que fez de tudo para sair com uma garota e eles acabaram se apaixonando e, depois, quando eles já estão morando juntos, a encrenca toda acontece. Por causa de um jantar, a moça explode com o cara porque ela pede para que ele compre 12 limões e ele compra 3. Depois por causa das louças, que ele não quer ajudá-la e sim jogar videogame. Vocês, homens primatas, o mais primitivo dos primatas (aquele que "só pensa na própria banana" - Heloísa Perissè em "Sexo, Amor e Traição"!), pode pensar: "Porra! Só por isso? Ah, dá um tempo, sua estérica!". Mas o que eu aposto que nenhum de vocês, seres de mentes limitadas, pensou o que aconteceu antes para o relacionamento chegar a este ponto? Tipo, quando você se irrita demais com uma pessoa por uma besteira, quer dizer que há muito tempo rolam muitas coisas que você já não está suportando. E você tem que ter a MATURIDADE para perceber isto!

Segundo o dicionário, MATURIDADE vem do Latin (maturitate) e é um SUBSTANTIVO FEMININO (será o destino? Nem Nostradamus ou Freud explicam!) e significa:

1. Estado dos frutos ou sementes que chegaram ao GRAU COMPLETO DE DESENVOLVIMENTO;

2. Madureza;

3. Idade madura;

4. ESTADO DE DESENVOLVIMENTO COMPLETO; PERFEIÇÃO!!!

Só de saber que é um substantivo FEMININO, nós já sabemos a natureza da questão. Acho que quem inventou esta palavra disse: "Há muitas coisas que as mulheres têm que os homens não têm. Uma delas é a MATURIDADE!"

Homens, pelo amor de tudo o que é mais sagrado. Pela sua mãezinha que te amou tanto, seja ela biológica, adotiva ou sua esposa! Por favor, gente, criem essa MATURIDADE!

Vocês, assim como nós, têm que saber quando, onde, como e o que queremos. Vocês têm que saber que trabalhar em pé de salto alto o dia inteiro não é confortável e que fazer um jantar delicioso não é tão prático quanto uma lasanha congelada!

Têm que saber que varizes surgem porque ficamos com as pernas cruzadas, afetando a circulação e colocando saltos altíssimos e extremamente finos porque vocês acham SEXY. Bem, NÃO É TÃO SEXY QUANDO VEMOS O RESULTADO, não é mesmo, rapazes?

Vocês gostam de ver futebol, nós gostamos de balé. Vocês gostam de ter PLAYBOYS, mas não suportam quando vemos uma G MAGAZINE!

O personagem, assim como milhares de homens no mundo, deixou que o relacionamento seguisse como se fosse uma coisa obrigatória, como um amor de mãe. Amor de mãe é incondicional, mas de esposa não! Você tem que se esforçar eternamente para que o relacionamento dê certo, tem que fazer ele funcionar! Tem que fazer com que a sua amada SAIBA que ela é AMADA! Não, ela não saberá se vc não disser isso a ela todos os dias pelos próximos 200 anos! Ela não lê pensamentos e sexo não significa amor para nós. Nós apenas preferimos fazer SEXO xom quem AMAMOS!

Não é difícil, é só pensar. Sabem, escuto diariamente piadinhas sobre os homens terem milhões de neurônios a mais que as mulheres, mas a verdade é que não usam nem a metade do que teriam se tivessem só 5% dos nossos neurônios! Não adianta QUANTIDADE se não tiver QUALIDADE! É a mesma coisa que ter um milhão de PENTES PARA CARECA! Se vocês ainda não entenderam, vou falar na língua de vocês: é como seu um homem com um pênis de 50 cm e ser IMPOTENTE, um BROXA! Realizou a idéia?

Mulher não é um jogo, um objeto, um videogame que vem com um manual de instruções. É um ser humano, alguém que também precisa de carinho, amor e atenção. Não é um hamster que você coloca numa gaiola enfeitada, dá água e comida e brinca quando quer. Afinal, a mulher dura bem mais que 3 anos (se você cuidar bem dela, porque senão ela vai embora e vocês, babacas, só percebem 5 meses depois, quando a poeira está estalando sob os pés, você foi internado por falta de comida e o síndico te expulsou do apartamento pelo mau cheiro!

Quem desdenha quer comprar e quem refuta é porque não gosta.

A propósito, gays não estão incluídos nestas críticas! Eu não os considero nem homens, nem mulheres. Para mim são seres sensíveis que entendem as duas partes.

Tudo o q eu gostaria é q vcs usassem o cérebro, ok?

segunda 21 julho 2008 00:27


A IGUALDADE ENTRE OS SEXOS

Blog de oridiculomundodoshomens :O Ridículo Mundo dos Homens, A IGUALDADE ENTRE OS SEXOS

Vocês homens são uns idiotas! YOU SUCK!

Eu estava falando outro dia com o meu noivo sobre igualdade entre os sexos. Claro, isso surgiu apenas porque discutimos sobre isso. A partir daí, descobri que existem mais homens equivocados sobre esta idéia do que eu poderia imaginar. Mas não se preocupem... A "tia" vai explicar tudinho, viu? BABACAS!

Quando nós falamos que queremos igualdade, quando nós lutamos por isso, não queremos que vocês deixem de abrir a porta do carro, puxar a cadeira pasra sentarmos e nem que deixem de nos dar flores ou um mínimo de atenção. Queremos poder ter os mesmos salários dos homens, praticar as mesmas modalidades esportivas, ter os mesmos empregos, ter as mesmas chances. Ter igualdade não é você chegar para a sua namorada, dar um tapão nas costas dela e dizer "E aí, mano?". Vocês vivem falando essas coisas e ainda dizem: "Vocês não querem igualdade?" com um tom infantil. Ok... Analisemos o caso...

Se vocês nos tratarem como homens, vocês estão concordando e ajudando as mulheres a terem a tão sonhada igualdade. Pois bem... A partir de agora vocês têm que lavar a louça, a roupa, passar roupa, limpar a casa, cozinhar (e ai se ficar ruim!) e ainda por cima DAR  A BUNDA! É isso aí! Por que só nós temos que fazer isso? E se for por falta de "ferramenta", não se preocupem! Nós podemos comprar uma pela bagatela de R$ 50,00!

Vocês querem nos tratar como homens, mas não querem ser tratados como mulheres. Então por que serem escrotos?

Sabem, se vocês tivessem a carga horária dobrada e recebessem metade do salário, também não iam gostar. Vocês têm que começar a pensar que mulher não é um bando de fofoqueiras que se reúnem em salão. Mulher é a sua mãe que te deu a luz, acolheu você, ninou você, deu muito carinho e amor. Ela poderia ter feito um aborto, mas teve você e você só é o que é graças a ela que seguiu em frente com a sua vida! Se acha isso "pouco", então se mata! Tem medo? Por quê?

Mulher é a sua irmã, a sua prima, a sua esposa, a sua filha! MULHER! Tem raiva de mulher? Então namora com um homem grande e peludo pra você ver o que é bom! Se você gosta, ótimo! Se não gosta, então não torra!

TO BE CONTINUED...

sábado 19 julho 2008 12:14


O PIOR DIA DOS NAMORADOS

Blog de oridiculomundodoshomens :O Ridículo Mundo dos Homens, O PIOR DIA DOS NAMORADOS

Meninos, vou começar de uma forma bem solidária hoje.

Sabemos muito bem que vocês têm problemas. Em casa, no trabalho, na escola, onde quer que seja, sabemos que vocês têm problemas. E sabemos também que a falta de maturidade de vocês faz com que um grão de areia se trasforme no Everest. Para isso mesmo nós existimos: para lhes dar apoio (além de tornarmos o mundo um lugar melhor).

Só que, por mais problemas que todos no mundo tenham, não é motivo para deixar de lado datas especiais como O DIA DOS NAMORADOS.

Sim, cara-pálida! O dia dos namorados. E não me venham com desculpas de "sou noivo" ou "sou casado", porque isso se chama "namoro mais sério ainda". Sabe aquela pessoa que você ama (além da sua querida mamãe), que te apoia, te dá suporte, te faz carinho, te vê chorar e não sai falando para todo mundo que você é um maricas, um fraco, que troca a roupa na sua frente sem te chamar de tarado, que você beija na boca, se não todos os dias, então sempre que se vêem? Pois é... Ela é a pessoa principal do dia dos namorados: a sua AMADA.

Vi ontem a propaganda do SBT que diz que o dia dos namorados é especial, bla bla bla, e que vale tudo, até um bilhete escrito "eu te amo!". OPAAAAAAAAAAAAAAA! Peralá! Essa história de bilhetinho morreu no colegial! Você tem uma namorada agora! Não um rolo, uma paquerinha, um "flerte"!

Vou dar o depoimento de minha própria experiência. Ontem foi o pior dia dos namorados que existiu.

Durante 21 anos eu esperei este dia mais do que qualquer noite de natal. Sempre fui muito romântica e sempre sonhei em ter alguém para mim. Alguém para me acariciar, para me amar, alguém para passar o dia abraçado, juntos, comemorando o dia em que todos os casais comemoram. Mas ontem foi o pior dia dos namorados. Continuo repetindo e não vou parar. Foi o PIOR!!!

Antigamente eu costumava pasar até mal. Especialmente no dia em que eu trabalhei na papelaria. Trabalhei por alguns meses em uma papelaria e no dia dos namorados aquilo lotou. Eram presentes para todos os lados, flores, anéis, brichos de pelúcia e até alianças. Eu vendia pacotes de presente, embrulhos, papéis e caixas. Eu não podia embrulhar nada, pois meu patrão me proibiu. Eu só podia vender. Mesmo assim, muitos namorados pagavam escondido para nós fazermos embrulhos, então aproveitávamos enquantro ninguém olhava e fazíamos embrulhos. Se algum cliente reclamava, o próprio cliente beneficiado nos encobria. Cheguei a tirar R$ 5,00 de caixinha em um embrulho só. O total de extras foi de R$ 25,00 (dois dias e meio do meu trabalho na época). Mas mesmo assim aquele dinheiro não fez com que a minha tristeza se desvanecesse. Eu queria um namorado que pagasse a alguém R$ 5,00 a mais para embrulhar um presente para mim no dia dos namorados.

Ontem foi 5ª feira e eu tive que trabalhar. Meu noivo também. Tive um treinamento até as 17:00 e depois enrolei um pouco pelas redondezas. Depois fui para casa. Chegando lá, ele ja havia chegado: de mãos abanando, uma roupa horrível e barba por fazer. Aquilo simplesmente me chocou. Tudo bem, esqueceu o presente em casa (que eu sei que já comprou), podia ter passado em uma floricultura, comprado um botão de rosa que fosse. Ou passa na bombonieire e compra um sonho de valsa. Ou pelo menos faz a barba e põe uma roupa decente! Fiquei com tanta raiva daquilo. Mesmo assim eu tive vontade de pegar meu cartão e nos pagar um jantar de comemoração: eu tinha que salvar o meu dia dos namorados. Quer dizer, o treinamento foi algo muito chato, passei uma situação desagradável pela manhã com o avô dele, tive que defender a honra da donzela do próprio avô... E ele não faz nada por mim? Ah, já tá querendo demais da minha pessoa.

Vejam bem, homens, sem querer ofender, mas mãe é mãe, mulher é mulher. Vocês têm o péssimo hábito de tratar as "peguetes" como vadias e namoradas como mães. NÃO SOMOS SUAS MÃES!

Um dia seremos mães. Daí teremos nossos próprios filhos... E cuidaremos bem deles.... Mas vocês já vieram para nós com pelos nas partes íntimas (me desculpem a expressão), sabendo andar e usar o banheiro. Por isso, POR QUE DEVERIAMOS CUIDAR DE VOCÊS COMO NENÉNS?

As mulheres deveriam ser tratadas como rainhas. Você já experimentou fechar os olhos e se imaginarem sem a pessoa que você ama? Imaginem agora ela beijando um outro cara e vc sabendo que ela está feliz com ele e que nunca mais beijará você?

Sentiu-se bem? Bom, o relacionamendo está uma merda!

Sentiu-se mal? DÊ O DEVIDO VALOR!

O que importa não é o material, mas o sentimento. Chegue bem arrumado, perfumado, DE BARBA FEITA, pelo amor de Deus! Arrume-se para ela e mostre: "Olha, estou lindo para você!" Aí sim vale um bilhetinho de eu te amo.

Mas com a aparência de um viking? Eu mandaria enfiar o bilhetinho no c*! ´Lá mesmo onde o sol não bate!

TENHAM MAIS CONSCIÊNCIA, PELO AMOR DE DEUS!

sexta 13 junho 2008 12:52


Massa corpórea ou cinzenta? Qual delas cultivar?

Blog de oridiculomundodoshomens :O Ridículo Mundo dos Homens, Massa corpórea ou cinzenta? Qual delas cultivar?

Se agora eu tivesse um palavrão que ofendesse até o Hitler, eu o usaria com homens musculosos. Aliás, musculosos não... Homens BOMBADOS, que é exatamente o caso de um primo meu. Um completo pateta, um perfeito demente, um imenso imbecil e uma pessoa completamente sem cérebro. Definitivamente o tipo de cara que me enoja. Quando as minhas amigas me perguntam "Noooooooooooooooooooooooooooooooossa! Quem é aquele no seu orkut?" Quando elas me falam o nome do sujeito, eu até tento disfarçar, rodear, mas quando não adianta eu solto, com muuuuuuuuuuito esforço: "é meu... meu... primo...!".

Sabem, eu sei que nós devemos ter orgulho da família, quer dizer, não exatamente orguilho mas Deus nos manda amar aos familiares e isto definitivamente é uma coisa que eu não consigo fazer com todos. Eu não amo esse tipo de gente e nem adianta alguém tentar fazer lavagem cerebral em mim que não vai rolar.

Ele é uma pessoa tão patética que vive se enutpindo de bomba, toma cachaça até o c* fazer estrela e aposto que nunca leu um livro na vida. Não, o manual de "AB Shaper" não vale, muito menos o "Forma Perfeita - Como ficar estilo Schwazzenegger", pois lá só tem desenhos para patetas que não sabem ler.

Pensando nisso, eu estava analisando o perfil de TODOS os homens que cultivam massa corporea ao inves de massa cinzenta. Tudo bem, não precisa largar mão da beleza (se é que aquela montanha brutal e exagerada de músculos forçados a crescer é algo que se chame de beleza), mas não deixe de cultivar cultura, cérebro, história da sua família (descubra suas origens - você pode encontrar pessoas interessantíssimas, quem sabe alguém que você já leu sobre no seu livro de história do primário... Quem sabe não tem algum parente lá?).

Garotos, eu sei que, para vocês, é legal ser olhado pelas mulheres, ser babado por aquela que não têm vida nem opinião própria, as quais representam uma "transa garantida".  Mas, já pararam para pensar em uma mulher que não tenha papo? Uma mulher que você olha e pensa: "Gatinha, gostosinha, beija bem, é boa de cama... Ah, essa eu quero ter por um tempo mais longo que tristes horas apenas!". Daí você pega o telefone dela, marca um dia e leva para sair com uma turminha. O papo é sobre música e estão falando sobre Legião Urbana. De repente perguntam a ela "Você gosta de Teatro dos Vampiros?" e ela responde "Nunca assisti essa peça.". Pois é... acontece a mesma coisa com a gente.

A coisa mais patética, mais vergonhosa, é ter a companhia de um dançarino de axé em uma festa de formatura, por exemplo. Todos a rigor (inclusive ele) e, de repente, começa a tocar um axé. Gente, passinhos treinados não fazem mal. Mas daí o dançarino bombado começa a abrir a camisa, a passar a mão pelo corpo suado (nojentão) e a rebolar. Ele acha que está arrasando, mas não tem tempo (nem cérebro) para perceber que os sorrisos das mulheres voltados para ele não são sorrisos e sim GARGALHADAS.

O que nós queremos em um homem não é um saco de bomba, mas um homem sensível, carinhoso, romântico, sincero, que faça tudo por nós. TUDO MESMO!

Datas especiais, encontros marcantes, surpresas, presentinhos para comemorar o um dia comum... E um mínimo de cultura para mão pagarem mico na frente dos amigos, na frente de todo mundo, na frente até da própria mçae, nos forçando a usar desculpas ridíulas como "pelo menos ele é gostoso!"

E só para alertar: bomba causa impotência sexual e diminui o pênis. Por isso... O tesão acaba!

Conselho da tia: VÃO ESTUDAR, SEUS PAMONHAS!

quarta 11 junho 2008 12:06


Esteriótipos femininos

Blog de oridiculomundodoshomens :O Ridículo Mundo dos Homens, Esteriótipos femininos

O pior dos homens é tratar tudo superficialmente. Tudo para eles é composto por esteriótipos. Tem aquela que é inteligente, mas é feia. Ou então é feminista. Se a garota é bonita, com certeza é vagabunda ou burra ou até os dois. Se é chefe, é lésbica ou, como chamam, sapatão ou sargenta. Até mesmo o comportamento se define com esteriótipos: se está de mal humor está menstruada. Se está enjoada ou passou mal, está grávida.  Se está com vontade de comer chocolate, está na TPM. Tudo se resume a problemas hormonais!

Pois bem, "machos" de plantão, saibam que quem ainda pensa isso é considerado por nós, mulheres, um exímio BABACA!!!

Nós mulheres temos sentimentos, assim como vocês (embora não demonstrem - artigo sobre o assunto por vir!) e não temos medo de demonstrá-los. E nem tudo se resume a questões hormonais. Tudo bem, confesso que existem épocas sim, como a menstruação, a TPM e a gravidez. Mas existem N fatores fora isto!!!

Tentem se imaginar no nosso lugar. Ao acordar, você deve fazer um ritual de limpeza que não se resume a apenas 5 minutos de chuveirada e sim a uma verdadeira lavagem por todas as partes do seu corpo. Depois, passar cremes por todo o corpo para que ele fique sempre macio, como vocês tanto gostam (e nós também - seria um erro pensar que fazemos isso só por vocês)  e aí começa um grande ritual de beleza: secador, escova, chapinha, gel, pomada para cabelos, spray fixador, hidratante, tonificante, adstringente, corretivo, base, pó, duas ou três cores de sombra, lápis, delineador, rímel nas sobrancelhas, depois nos cílios, curvador de cílios, blush, ilumonador, lápis de boca, batom, gloss e spray fixador de maquiagem. Depois de tudo isso, vestir a roupa. Retratando uma mulher que trabalhe em um escritório: meia calça (esteja a temperatura que estiver), uma saia até os joelhos, uma blusa elegante, a jaqueta formando o conjunto por cima, um coque bem feito nos cabelos, um chanel de salto médio e uma bolsa que combine com a roupa e caiba tudo o que for necessário. Agora você desce para o ponto de ônibus, está uma manhã chuvosa e ventando. O seu carro está no conserto há mais de uma semana e você não foi bem tratado pelo mecânico  (o seu "mecânico de confiança") que, embora você tenha retratado exatamente qual é o problema a ele, ele encontrou mais 10 outros defeitos e, sem a sua autorização, jpa desmontou todo o seu carroe isso lhe custou duas semanas a pé e mais R$ 500,00 que não estavam programados. Você pega vento e chuva e sai capengando por uma rua de buracos com um salto de 7 cm. Dá sinal para um ônibus lotado. Ele pára e quase respinga toda a poça de água e esgoto em você. Você sobe e, se esquivando ao máximo, sente que todos os pênis tarados roçam nas suas partes ímtimas, fazendo com que você se sinta a criatura mais imunda, e você começa a rezar para que o trajeto termine logo. Você desce a 200 metros da sua empresa (o ponto mais próximo) e cumprimenta a todos com um sorriso gentil-obrigatório, afinal não é culpa dos tarados da recepção que os tarados do ônibus te roçaram. Ao contrário do que muitos homens imbecis pensam, não é só porque é do sexo oposto que somos obrigadas a sentir atração. Muitas vezes, consideramos um homem da mesma maneira que vocês se consideram, como se fossem agarrados por um (tirando os gays, claro, pessoas formidáveis! Estou falando dos "machões"). Você finalmente se senta na sua mesa e, ao ligar o computador, nota uma pilha de papéis que você dá conta, mas nota que os outros folgados estão com a metade dos papéis. E aí você se lembra, de repente, que o salário é justamente o inverso: mais para eles, menos para você. Sua caixa de e-mails tem 80 deles, sendo 78 com problemas a resolver, 1 spam e 1 mensagem de bom dia de uma amiga que lembrou de você!

O expediente é acelerado, a hora de almoço mal dá para descansar, os pés doem, a cadeira é dura e você ainda tem que aturar seu chefe gordo com aquela careca suada e o dente de ouro olhando para você, piscando como se um "flerte dos anos 40" resolvesse tudo e baixa os óculos para ver suas pernas ou mais acima. Quando ele fala com você, não tira os olhos dos seus seios, por mais que sejam pequenos e você esteja de cacharrel com uma jaqueta por cima.

Finalmente termina o expediente e você pega o trajeto de volta. A chuva parou e fez muito calor - e você de meia-calça. Volta com os tarados, sentindo seus corpos fedegosos e seus desodorantes de R$ 1,99 tentando disfarçar o cheiro - e o cheiro de kolene e gel Bozano - até enjoar. Aquilo te causa náuseas. Mas ainda não acabou. São 18:15 quando você chega em casa, você apenas toma uma ducha, tira a maquiagem, amarra os cabelos e prepara um belo jantar. Enquanto a carne está assando, ajuda as crianças a fazer os deveres de casa, a preparar um fantoche de isopor e uma maquete de uma fazenda do período Brasil Colonial, com casinhas para pintar, recortar, colar na cartolina e montar, flores, árvores, grama, vacas, pastos, pessoas minúsculas, moinhos e uma dezena de ítens. A carne está assada, o arroz está pronto, o feijão, as crianças deixam o serviço de lado e começam a comer. Chega o marido em casa, dá um beijo meia-boca como quem nem se lembra de que se casarame juraram amor eterno um ao outro. Você come pouco para não passar mal depois, se arruma e vai para a academia. Lá, passa duas tortuosas horas de aeróbica, estica, puxa, pula, salta, gira, estica, encolhe... Sempre no ritmo.

Você sai de lá, querendo apenas tomar um último banho, relaxar e dormir. Talvez ler aquele livro que você adora, só para variar. Mas, quando você chega, você vê o resultado das horas de sua ausência: o seu marido, que tanto reclama quando você engorda um quilo, com a camiseta da última eleição,  rasgada, um short azul royal de pijama de algodão, roncando no sofá, babando, de boca aberta, as crianças bagunçando, a TV ligada, o tapete ficou da mesma cor que a maquete - seja lá qual é a cor que ficou - os fantoches pareciam seres possuídos e tudo estava uma catástrofe. Você, cansada, pega as crianças, as põe na cama, cobre, dá um beijo de boa noite, com o corpo todo dolorido, entra no chuveiro, tenta avaliar o saldo do dia, da semana, do mês e descobre que todos os dias são iguais. Sai, descobre que o marido acordou e já está na cama, esperando por você. Você se deita, diz boa noite, quer descansar, mas de repente sente aquela perna peluda em você, a mão no seu seio e a barba pinicando a sua nuca: seu marido quer sexo. Quando você nega, só ouve: "Ih, está naqueles dias!"

Avalie tudo isso e responda a si mesmo, com SINCERIDADE (se tem a capacidade para tal): É uma questão HORMONAL?

sábado 07 junho 2008 14:51


|

Abrir a barra
Fechar a barra

Precisa estar conectado para enviar uma mensagem para oridiculomundodoshomens

Precisa estar conectado para adicionar oridiculomundodoshomens para os seus amigos

 
Criar um blog